Noel Rosa vivo no Século XXI

SÉRIE: NOEL E SEUS INTÉRPRETES

Esta é a penúltima edição do Blog. Em sua nova fase, enfoca Noel Rosa relacionado aos cantores, principais responsáveis por torná-lo conhecido do grande público, com a gravação de sua obra. A série original NOEL ROSA – 100 CANÇÕES PARA O CENTENÁRIO já se completou e você pode acompanhá-la integralmente clicando artigos anteriores a 31 de outubro de 2010.

NOEL ROSA VIVO NO SÉCULO XXI

O “YouTube” é um espaço democrático de divulgação. Vídeos do mundo inteiro, de grandes empresas ou de fundo de quintal, estão lá presentes, ajudando a romper barreiras de antigos monopólios da comunicação. A música é destaque no portal já acostumado a abrigar assuntos nem sempre de interesse da grande engenhoca da cultura. Pois o YouTube registra o reinado soberano de Noel Rosa, vivo ainda no Século XXI. O inovador poeta e compositor brasileiro mantém audiência altíssima…

Uma viagem por lá nos diz sobre dados motivadores: a busca por “Noel Rosa” soma 3,1 mil vídeos. Número extraordinário, comparado, por exemplo, a compositores ainda em atividade, como Arnaldo Antunes, ídolo da música jovem dos anos 1980/90, com 3,4 mil; ou superior à Edu Lobo, com seus 1,7 mil; Samuel Rosa, com pouco mais de 900, ou ao saudoso Ismael Silva, parceiro mais constante de Noel, com 270 opções de vídeos na consulta. O artista de Vila Isabel mostra robustez e vigor impressionantes.

Uma rápida apreciação do Noel Rosa do portal não deixa dúvida alguma sobre o assunto. Além de vídeos editados a partir de gravações originais de suas músicas, quantidade expressiva de registros é caseira com intérpretes, instrumentistas amadores e apresentações escolares. Há também inúmeros artistas profissionais em shows por todo o país, através de câmaras celulares ou de produção sofisticada. E não só no Brasil: Japão, Estados Unidos, Portugal, Itália, dentre outros, já o cultuam.

Passamos nossa vista por 400 dos mais de três mil vídeos sobre o poeta. Aleatoriamente. Escolhemos cinco, para não fugir do formato do Blog (o que é uma pena…). Uma pequena mostra – significativa ainda – de como nosso tempo tão bem o compreende e se orgulha em promover sua divulgação. Gente de toda idade, que sobeja em juventude, com propostas estéticas tão variadas quanto criativas, na merecida comemoração já no próximo 11 de dezembro, quando o Brasil será Noel. E para sempre será!

Última edição, sábado, 11 de dezembro: NOEL 100 ANOS

Vídeos relacionados (encontre os vídeos no You Tube)

CONVERSA DE BOTEQUIM (Noel Rosa-Vadico)

Samba
. Gravação ao vivo em 2010 com o Grupo Roda de Choro. Música de 1935

Conversa de botequim – Veja a gravação original no artigo “Cronista da arte e da canção”

Roda de Choro – O grupo formado no evento “Virada Cultural de 2007”, em São Paulo que reúne bambas do pedaço. Nesta gravação ao vivo, realizada em 13/09/2010 estão Nelson Ayres no piano e Alexandre Ribeiro no clarinete.

TIPO ZERO (Noel Rosa)

Samba. Clip gravado em 2007 pelo Quinteto Levapralavá. Música de 1934
Quinteto Levapralavá – Trabalho musical nascido na Escola de Música da Unicamp (Campinas-SP), com Rodrigo Tozelli, Paulo Salmaci, Ricardo Lira, Rafael Thomaz e Adélcio Camilo. Em 2007 realizou o show “Teu samba, Noel”, em homenagem aos 70 anos de morte do poeta da Vila. O clip é parte deste projeto.

Tipo Zero – Veja a gravação original no artigo “Tipos da cidade”

SEJA BREVE (Noel Rosa)

Samba. Clip gravado em 2008 com Danilo Moraes e Ricardo Teté. Música de 1933
Danilo Moraes e Ricardo Teté – Juntos há doze anos, tocam músicas de diversos gêneros, entre São Paulo e Paris. Venceram o Festival da TV Cultura da Fundação Padre Anchieta, em 2005, com a canção “Contabilidade”.

Seja breve – Veja a gravação original no artigo “Foi negócio, foi divertimento”

QUEM RI MELHOR (Noel Rosa)

Samba. Gravado ao vivo em 2009 com a Banda Jazz Sinfônica de Diadema. Música de 1936
Banda Jazz Sinfônica de Diadema – Orquestra profissional mantida pela Associação Musical de Diadema, que utiliza como local de ensaio o Teatro Clara Nunes, nessa cidade, onde foi gravado o vídeo. É dirigida por Todd Murphy, maestro norte-americano radicado no Brasil, também responsável pelos arranjos. Traz o estilo das “jazz big bands” tradicionais.

Quem ri melhor – Veja a gravação original no artigo “A arte da dor”

FEITIO DE ORAÇÃO (Noel Rosa-Vadico)

Samba. Clip gravado em 2009 com Paulão Costa. Música de 1933
Paulão Costa – violonista, guitarrista, compositor. Tem formação erudita no Conservatório de Brasília e na Universidade Livre de Música – São Paulo-SP. Participam também desta gravação Dino Barioni (guitarra) e Douglas Afonso (pandeiro).

Feitio de Oração – Veja a gravação original no artigo “Pra ninguém zombar de mim”

_________________________

Os vídeos deste post foram retirados do portal YouTube.

Anúncios
Esse post foi publicado em Noel Rosa e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s